08 benefícios que a fisioterapia pode trazer

fisioterapia

Ao contrário do que muitos pensam, a prática da fisioterapia não se limita apenas a recuperação de lesões, indo do curativo ao preventivo. Os exercícios ditados pelo fisioterapeuta abrangem também a preparação física devida. Contudo, a análise e o diagnóstico de um profissional são indispensáveis, assim como os exames e as intervenções solicitadas. As sessões de fisioterapia são estabelecidas de acordo com as metas estabelecidas pelo fisioterapeuta, que dependem da ação conjunta do profissional e do paciente. Veja agora os 08 benefícios que os exercícios fisioterapêuticos podem trazer para o nosso corpo.

1. Melhora da postura corporal

As sessões de fisioterapia são capazes de alterar erros na postura levando em conta a maioria dos casos. A coluna vertebral possui a tendência de moldar o corpo de acordo com a forma que a pessoa realiza as suas atividades rotineiras. Para quem possui maus hábitos relacionados a eletrodomésticos, a fisioterapia pode atuar na prevenção de danos maiores, como distorções musculares, e no retorno da posição ideal.

As correções da postura são alcançadas gradualmente, com o auxilio do fisioterapeuta, e analisadas novamente para que haja um acompanhamento e se evite dores na região lombar ou cervical da coluna. O profissional fisioterapeuta é o mais recomendado para o tratamento da postura corporal, já que atua na execução de posições que forcem músculos e ossos, levando a uma sensação de bem-estar e a prevenção de lesões.

2. Redução de dores osteomusculares

Certas pessoas desenvolvem dores crônicas que se originam nas articulações ou por disfunções, se originando de quedas e de acidentes de maior gravidade. As sessões de fisioterapia são fundamentais para o prognóstico favorável. As dores crônicas levam uma inflamação as inflamações nos músculos, logo, apenas analgésicos e anti-inflamatórios são insuficientes para reverter o estado clínico.

A fisioterapia traumato-ortopédica levara a redução da dor e da eliminação do processo inflamatório, além de que otimiza a força dos músculos e auxilia em sua recuperação gradativa, ajudando na volta da pessoa a ativa.

3. Melhora do condicionamento físico

Através da fisioterapia esportiva, os especialistas realizam a avaliação paciente quanto à capacidade de estabelecer intervenções para a prevenção, recapacitação ou melhoria do condicionamento físico.

A prevenção de lesões tem em vista atletas de alto rendimento que precisam de cuidados particulares e cumprir a agenda e rotina física constituída por seus preparadores, a recapacitação recupera a normalidade do desempenho físico perdido por algum incidente, já a melhoria do condicionamento físico tem em vista o relaxamento do corpo em intervalos de treinos e competições.

4. Perda de peso e redução de gordura localizada

A fisioterapia também pode ajudar no processo de emagrecimento. A fisioterapia dermato-funcional, possui como o objetivo reduzir as medidas do corpo, as gorduras localizadas, melhorar a estética da pele e assim, o corpo que o paciente almeja.

Desse modo, as interferências podem ser a injeção da toxina botulínica para que possa ser alcançada também a diminuição das rugas, além de massagens no rosto para diminuir a elasticidade, entre outras metodologias. Aparelhos que reduzem a percepção das celulites, eliminam gordura por congelamento também são usados. Antes de optar pela fisioterapia na intenção de perder peso, procure por uma avaliação médica, a prática de exercícios físicos, juntamente com uma alimentação mais saudável pode ser a melhor escolha.

5. Ajuda no tratamento de transtornos respiratórios

Outra vertente da fisioterapia é a fisioterapia respiratória, que é essencial para que o paciente tenha a recuperação de seu estado clínico. São realizadas operações não invasivas que ajudam na remoção de secreções que atrapalham a respiração.

As técnicas usadas na sessão de fisioterapia são capazes de auxiliar pacientes de todas as idades no tratamento de transtornos respiratórios, melhorando o funcionamento do pulmão e controlando a troca de oxigênio. A atuação dos fisioterapeutas nessa divisão visa a remoção das secreções brônquicas aglomeradas, otimizando o desempenho físico e na redução do período de internação.

6. Ação preventiva a lesões advindas do envelhecimento

Por meio do envelhecimento, a força óssea se perde; influenciada pela disfunção hormonal e pela falta de mobilidade. Os pacientes, com o avançar da idade, diminuem sua vida ativa e os músculos vão perdendo suas funções.

Nesse caso, fisioterapeutas geriátricos ajudam na retomada da prática de atividade física dos idosos, dependo de seu condicionamento clínico. As sessões dessa modalidade podem ser realizadas nas clínicas ou em casa, havendo a locomoção do profissional.

As principais atuações possuem envolvimento com a volta da postura correta, o fortalecimento muscular, redução de sintomas de cansaço e dores localizadas, assim como abrange a melhora das funções neurológicas e da coordenação motora.

7. Recuperação neurológica de pacientes

Pacientes que sofreram traumatismos cranianos, estão em estado de cama ou possuem alguma doença neurodegenerativa são capazes de acolher benefícios a sua saúde neurológica através de exercícios fisioterapêuticos.

A fisioterapia neuro-funcional procura tratar e recuperar a situação neurológica do paciente. Os danos cerebrais podem acarretar problemas na locomoção, problemas quanto ao equilíbrio do corpo e mudanças nos processos realizados nas articulações. Dependendo do estado em que o paciente se encontra, deve se haver a colaboração entre o fisioterapeuta e o neurologista.

8. Nova inserção do paciente oncológico

Os remédios quimioterápicos possuem fortes reações no organismo, podendo levar a fraqueza, perda de peso, de massa magra, e dores intensas nas articulações. Depois do câncer ser controlado, e levando em consideração o estado do paciente, a adesão de exercícios fisioterapêuticos é de grande relevância para que os movimentos possam ser conservados, desenvolvidos ou renovados. O processo da prática da fisioterapia objetiva a volta do paciente as atividades do dia-a-dia, proporcionando também uma melhor qualidade de vida em meio a tantas consultas e cuidados médicos.

Os benefícios da fisioterapia vão muito além dos citados, uma vez que essa área de atuação possui varias especialidades, fazendo com que suas regalias sejam difíceis de serem generalizadas. Logo, a busca por um fisioterapeuta é recomendada em casos gerais, uma vez que as sessões são capazes de focarem em várias regiões do corpo. As sessões de fisioterapia só promovem vantagens a nossa saúde e ajuda na estabilização de um melhor estilo de vida. Caso esteja em dúvida quando a adesão da prática, consulte um fisioterapeuta e esclareça suas dúvidas.