Massoterapia

A massoterapia já é uma realidade presente na maioria das cidades de nosso país. Mesmo locais do interior de estados mais afastados provêm de alguma forma uma opção de tratamento ou de profissionais que lidam com este tipo de técnica.

E se engana quem pensa que a massagem terapêutica é só mais uma forma de relaxar e ganhar um tempinho de folga da rotina estressante do dia a dia. Hoje esta é uma das formas de medicina alternativa mais recorrente em espaços clínicos.

Sendo que talvez a melhor parte seja a sensação de alívio imediato logo após cada sessão, que vai melhorando bastante com o tempo. É realmente uma transformação que vai do interior para o exterior, com excelentes proporções de benefícios no longo prazo.

Muitos começam a trabalhar na área escolhendo a massoterapia como um simples curso para horas complementares. Entretanto, a própria prática no dia a dia e a perspectiva de lucros no longo prazo permitem que a pessoa alcance resultados incríveis profissionalmente.

Sendo hoje uma das aplicações práticas favoritas da maioria dos alunos de fisioterapia e outras áreas da medicina, como por exemplo a ortopedia.

Em síntese o que está em alta agora são os debates sobre o potencial não só de tratamento, como também de prevenção de um imenso número de doenças. Por isso, hoje gostaria de falar um pouco mais sobre este tema.

Quero mostrar qual a relação entre a massoterapia e a prevenção de doenças de uma maneira aprofundada e direta. Garantindo que você tenha a capacidade de analisar cada ponto em questão e garantir um excelente resultado de longo prazo.

Vamos conferir?

Qual a relação entre a massoterapia e a prevenção de doenças?

Primeiramente é importante definir aqui uma linha muito importante, pois a massoterapia é uma forma de medicina alternativa, o que é muito diferente de pseudociência.

Deixe-me explicar, a medicina alternativa é uma forma não convencional de tratamento que muitas vezes ainda está em fase de experimentação e coleta de dados. Mas ela normalmente recebe este tipo de classificação exatamente porque está ajudando muitas pessoas e por isso já começou a ter uma boa fama.

Por outro lado, a pseudociência é uma forma de falar uma mentira disfarçada de ciência de verdade, onde muitas vezes você tem uma proposta milagrosa ou algo do tipo para enganar algum público.

Podem haver algumas pessoas que utilizem a massoterapia com este propósito, entretanto isto não invalida a parte séria dos estudos e resultados angariados até hoje.

E vale lembrar que estamos falando exatamente desse tipo de tratamento. Por isso, gostaria de me ausentar de questões holísticas e espirituais sobre o tema.

Somatização e as doenças psicológicas

Você provavelmente já deve ter ouvido falar do termo somatização. Esta é uma palavra que se refere a trazer para o nosso corpo um resultado de algum tipo de sensação emocional.

É como quando a pessoa se sente muito estressada e acaba tendo picos de pressão alta. Além disso, muitos outros tipos de reações podem aparecer para este tipo de pessoa, principalmente quando levamos em consideração que os músculos em geral irão reagir ao estado emocional do corpo.

Quando a massoterapia entra em cena de maneira correta é produzida uma grande dose de endorfina. Isto é, você sente muito mais prazer e bem-estar, de uma maneira um tanto quanto instantânea.

Após uma sessão é possível sentir uma diferença incrível de como você estava antes e como está depois.

Só isso já traz um grande alívio que evita que as sensações emocionais fortes tragam problemas para o corpo.

Assim é possível notar uma queda nos níveis mais altos de pressão e até mesmo dos batimentos cardíacos. Algo excelente para quem está sofrendo com estresse crônico.

Benefícios comprovados

Embora o acompanhamento médico seja indispensável, é bastante comum que pessoas que recorrem ao tratamento da massoterapia tenham uma queda brusca de processos inflamatórios.

Principalmente em pessoas que estão encontrando algumas doenças autoimunes com tratamentos quase sempre ineficazes.

Além disso, é comum encontrar pessoas que consigam até mesmo se livrar de problemas como a enxaqueca. Isto porque você terá uma excelente melhora na circulação do sangue, garantindo até mesmo que você evite problemas de má circulação.

A liberação de endorfinas causadas pela massagem corretamente aplicada também é uma excelente medida de combate para problemas como ansiedade e até mesmo depressão.

Problemas de dores em geral, principalmente relacionados à postura da pessoa, costumam ser rapidamente eliminados com uma boa sessão. Principalmente por profissionais que estão habilitados a fazer a quiropraxia.

Basicamente este é um tratamento que ajusta a musculatura junto às estruturas ósseas do corpo. Sendo muitas vezes referenciadas como a massagem do estalo, já que este tipo de ação normalmente ocorre quando se coloca os ossos de volta no lugar.

Em geral, o resultado é bastante eficaz para curar problemas mais simples, mas também é uma ótima forma de apoio para pelo menos aliviar os sintomas de outras doenças mais complexas.

Tudo depende da capacidade do profissional e sua experiência.

Considerações finais

Realmente, a massoterapia ainda terá muitos benefícios descobertos ao longo prazo. Principalmente pelo fato de que só agora temos investido em pesquisas neste campo e caminhado em uma direção correta em torno de avaliações sérias sobre o tema.

Mas mesmo assim os motivos que já temos até o momento já são mais do que satisfatórios para garantir que devemos apostar neste tipo de atividade. Claro, o acompanhamento de um profissional capacitado não é um bônus, e sim uma necessidade.

Por isso procure por alguém que tenha feito um bom curso de massoterapia com certificado válido, e que de preferência já tenha investido bastante na opção de atuar como um massoterapeuta na prática.

Isto fará com que você consiga colher bons frutos de uma maneira bem mais rápida.

Então por hoje ficamos por aqui, espero que estas orientações tenham sido motivadoras, e se ainda houver qualquer dúvida sobre o tema, sem problemas. Estou à disposição para tirar todas elas aqui nos comentários do artigo, tudo bem?

Até a próxima dica!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *