Como a higiene infantil pode ajudar na criação da consciência

higiene infantil

Assim como a alimentação, a hidratação, as noites de sono e a vida ativa, a higiene também é essencial para uma vida saudável. Com isso, os bons hábitos quanto a ela devem ser aderidos desde os primeiros anos de vida. O processo de aprendizado dos pequenos quanto a higiene pode ser bem cansativo, mas tornar essa caminhada algo divertido e atrativo pode ser a solução.

A higiene vai muito além dos cuidados quanto a saúde bucal, com procedimentos como limpeza, clareamento e lente de contato dental. E abrange não só os cuidados quanto ao corpo, mas também quanto ao ambiente em que vive.

Desse modo, selecionamos as seguintes dicas para que você não possua problemas em ensinar o seu filho ou filha como se cuidar devidamente. Veja a seguir:

Se torne um modelo a ser seguido

Os cuidados quanto a higiene e a saúde em si devem ser mantidos não só pelo fato de ser você a principal referência de seu filho, mas para o seu próprio bem-estar e qualidade de vida. No entanto, não se desleixe, no processo de aprendizado você deverá executar todos os processos de forma correta, afinal, não se quer que a criança aprenda de forma errada.

Começando por medidas básicas como lavar as mãos, o cabelo e a prática da higiene bucal, é fundamental que você der o exemplo e ajude a fixar esses cuidados no dia-a-dia de seu filho.

Lavar as mãos sempre

Tal como escovar os dentes sempre após as refeições, o hábito de lavar a mão logo após e antes de realizar alguma ação é de extrema importância. Logo, a frequência dessa ação deve ser enfatizada a criança, para que ela não se contamine por vermes, germes e demais microrganismos.

Seja após chegar da rua, depois de usar o banheiro, e antes de se alimentar, fale da importância dessa ação para no combate a doenças e infecções.

Para tornar essa prática algo divertido, a dica é usar da escolha do sabonete ao seu favor. Existem uma variedade de sabonetes, de diferentes cores e formatos, e até mesmo relacionados a personagens infantis. Escolha por um que você saiba que irá atrair a criança de alguma forma, sempre pedindo sua opinião para que ela tenha gosto ao usar o produto.

Aprendizado lúdico

É importante que ao introduzir um cuidado ao seu filho você tente o ensinar de forma lúdica. Existem várias músicas de cunho infantil que retratam medidas higiênicas de maneira divertida e clara. Logo, investir em músicas pode ser a solução para que o novo aprendizado tenha melhor aceitação. Cante com seu filho e faça com que ele aprende a cantiga, assim ele sempre terá o cuidado em sua cabeça

Atenção na hora do banho

A hora do banho é cheia de ensinamentos, e por ser uma ação mais demorada, pode ser algo ainda menos interessante a criança, que preferiria está brincando ou assistindo algum desenho. As músicas e os sabonetes também podem ser grandes aliados desses processos, entretanto, não substituem as suas orientações.

Quanto a higiene íntima, é importante que desde o início seja ensinada para que o seu filho mesmo a realize. A independência do banho é crucial, e até que ela seja criada, é essencial que você está sempre por perto a auxiliando.

Cuidados quanto a higiene bucal

A higiene bucal é tão importante quanto a corporal e também deve ser vista como uma de suas prioridades. É interessante que você sempre acompanhe a criança durante a escovação, a mostrando os movimentos certos a serem feitos. Músicas não só didáticas podem trazer diversão a esse momento.

É importante que não só a escovação, mas a passagem do fio dental e o uso do enxaguante bucal seja explorado, ensinando desde já a como ter uma escovação precisa e completa. O creme dental e a escova também podem ser explorados para fazer com que o momento da higiene bucal seja algo prazeroso.

Tenha os brinquedos como ajudantes

Por fim, os brinquedos podem sim ser os seus melhores amigos nesses momentos, leve eles sempre com você. Além de trazer um espírito de brincadeira, são os responsáveis por cativar ainda mais o seu filho para os ensinamentos. Outro detalhe importante é que os brinquedos geralmente são portadores de germes e leva-los ao momento do banho pode ser o momento certo para higieniza-los também.

Osteoporose: causas, sintomas e tratamento

Osteoporose

A osteoporose é um medo frequente quando o assunto é terceira idade. Se trata de uma doença metabólica sistêmica que atinge diretamente o esqueleto, o enfraquecendo e aumentando o risco de lesões. Isso está relacionado a perda gradual da densidade óssea e que é algo comum principalmente em mulheres acima dos 45 anos.

Levando em conta que o osso se assemelha a qualquer outro tecido do corpo, necessita assim de cuidados e das revisões médicas necessárias. Assim, as visitas relacionadas a saúde não devem se limitar a ida a uma franquia odontológica, mas também a uma clínica médica especializada.

Essa doença, por sua vez acontece quando o material ósseo não é renovado suficientemente pelo organismo ou pelo fato dos antigos componentes do esqueleto forem reabsorvidos pelo corpo, podendo ocorrer ambas as situações. O problema surge aí, e com a ausência da renovação dos ossos há a fraqueza e a tendência a fraturas. Saiba as demais particularidades da osteoporose:

Causas da osteoporose

Em nosso corpo há células que possuem como função principal a formação dos ossos e demais pela reabsorção desses tecidos. Gradativamente, o tecido ósseo envelhece e é extinto pelos osteoclastos. Logo em seguida, essas estruturas são recriadas pelas células de função reconstrutora, chamadas de osteoblastos.

A reabsorção óssea é justamente o processo de destruição das células, que entram em estado debilitado pela osteoporose. Isso se deve ao fato de o organismo começar a submergir mais osso do que os produzir. Dentre os problemas que podem comprometer o processo de formação dos ossos e causar a osteoporose podemos citar: envelhecimento, menopausa, deficiência de cálcio, doenças e o uso de certos medicamentos.

Deficiência de cálcio

A deficiência de cálcio é uma das principais causas da osteoporose. O corpo, por sua vez, utiliza desse mineral para formular o esqueleto durante a juventude. Ademais, deve-se levar em conta que o osso é a principal fonte do cálcio no organismo, e é essa estrutura que oferece esse mineral para que demais processos possam ser realizados no corpo, como é o caso do próprio funcionamento do coração.

Uma vez que o metabolismo do osso se encontra em equilíbrio, o corpo consegue administrar o recolhimento de parte do cálcio e restitui-la. Logo, é importante que desde cedo haja a preocupação quanto ao consumo adequado de cálcio.

Os cuidados quanto a alimentação pode se limitar a má absorção do nutriente pelo organismo e assim, levar a osteoporose. Portanto, consulte o médico regularmente para saber como está o controle de cálcio do seu organismo.

Sintomas da Osteoporose

Por se tratar de uma doença silenciosa, sua percepção pode ser bem difícil de ser feita no começo. A percepção só acontece quando há a incidência de fraturas ósseas e, em casos, de algum trauma. Essas fraturas comumente ocorrem na região do fêmur, do colo de fêmur, na coluna e no punho.

Dentre os sintomas que são capazes de surgir no decorrer da doença estão: diminuição da estatura, dor na lombar, dor no pescoço, sensibilidade óssea e má postura.

Diagnóstico e tratamento

A perda óssea é parcial é gradativa e é percebida com o passar dos anos. Geralmente, a pessoa tende a sofrer alguma fratura e depois detecta a osteoporose, permitindo que seu diagnóstico já seja em uma situação grave. O diagnóstico da osteoporose não pode ser clínico, já que não há sintomas iniciais, deve ser realizado radiografias e exame de densitometria óssea.

Tendo em vista que a osteoporose possui um processo de cura complicado, seu tratamento pode ser iniciado desde a primeira fratura ou tendo em vista uma ação preventiva a futuras incidências.

O tratamento visa controlar a doença, evitando com que o seu estágio avance. Dentre os demais objetivos com o tratamento é amenizar a dor e fazer com que a perda óssea se adie ou estagne, variando de caso em caso.

Como uma cobertura apropriada pode te livrar de doenças de pele?

cobertura apropriada pode te livrar de doenças de pele

As altas temperaturas estão aí e quem esquece de se proteger da ação do solar pode sofrer com os seus impactos tanto de forma imediata quanto com o passar dos anos. Por esse motivo, é mais do que necessário cuidar do sol e recorrer a tudo que pode te ajudar a ficar livre de doenças de pele.

De fato, o verão é a estação do ano que exige maior atenção com os cuidados da pele, porque a exposição ao sol é mais frequente. Por esse motivo, uma maneira muito eficaz de se proteger é usar muito protetor e mais do que isso, recorrer aos toldos que protegem.

Se você está na rua, por exemplo, é fundamental procurar caminhar embaixo de uma proteção ou cobertura, porque tal barreira vai impedir que os raios solares incidam diretamente sobre o seu rosto e demais partes do corpo.

Toldos que protegem são capazes de resguardar as pessoas da ação dos raios solares

Em casa, a aposta em coberturas e toldos que protegem também é uma forma de se resguardar do sol. Como? Você sabia que o toldo é uma barreira muito eficaz diante da ação dos raios ultravioletas? É fato que esses raios são essenciais para que a vida no planeta terra exista, porém eles também podem causar problemas como câncer de pele, queimadura ocular chamada de foto ceratite e catarata.

Por esse motivo, quem tem um espaço aberto em casa deve apostar na cobertura, pois assim será possível evitar que as pessoas sofram com insolação, queimaduras e outros problemas causados pelo sol como rugas, envelhecimento precoce e manchas na pele. Seja uma área de lazer ou de churrasqueira, os toldos que protegem devem ser instalados.

Apostar em uma cobertura em janelas também é uma maneira efetiva, pois assim os raios solares terão uma barreira e não incidirão da mesma forma em um quarto, por exemplo, assim quem dorme naquele ambiente além de ter uma temperatura local mais agradável também estará mais protegido e os móveis do quarto também estarão.

Nenhum tipo de pele está imune as ações dos raios solares. Use filtro solar!

É comum, as pessoas acharem que os negros estão imunes a ação solar e, por esse motivo, podem andar livremente sem a necessidade de fazer uso de qualquer tipo de proteção. No entanto, isso é errado!

Eles não estão imunes a queimadura de forma completa. De fato, eles têm mais melanina na pele que é o pigmento responsável por tornar a pele escura, porém eles devem sim fazer uso de protetor solar.

Mesmo recorrendo aos toldos que protegem, o filtro solar deve ser considerado como o melhor amigo de todas as pessoas. Mesmo filtro solar fator 30 deve ser usado a cada quatro horas por pessoas que não apresentam problemas como: doenças de pele, lesões pré-câncer, manchas e problemas com queimadura.

No entanto, se ficarem muito suadas ou forem tomar banho, o filtro solar deve ser reaplicado, pois na água os protetores só duram até 40 minutos.

O esporte e o tratamento da depressão

O esporte e o tratamento da depressão

Ao contrário do que muitos pensam, a prática do esporte não ajuda apenas na obtenção e na manutenção da saúde física, mas também da saúde mental, fazendo parte do tratamento de doenças psicológicas como a depressão. A depressão possui medicamentos para o seu controle, entretanto não pode ser curada instantaneamente como ocorre com remédio para dor de dente.

Essa doença precisa de um tratamento situacional, e um de seus principais pilares é a prática esportiva. Existem pesquisas que evidenciam os benefícios do esporte na baixa da depressão, trazendo uma maior positividade na vida de quem prática. Conheça mais sobre esses benefícios:

 Os benefícios ao psicológico do esporte

A pratica esportiva regular é capaz de melhorar a autoestima, uma vez que você se exercita com frequência, seu corpo realiza a liberação de substâncias químicas denominadas endorfinas. Essas substâncias se relacionam com os receptores do cérebro, atuando como analgésicos e diminuindo a intensidade da dor.

Também atuam como sedativos, além de proporcionar uma sensação positiva no corpo. Atletas costumam definir o termino de um treino como eufórico e prazeroso, reforçando o bem-estar, a positividade e o fator energético das atividades físicas.

Auxílio no tratamento da depressão

Além dos benefícios citados, estudos indicam a prática de exercícios como um tratamento eficiente para a depressão, mesmo com que subutilizado por médicos especialistas. Os estudos no início relatavam que exercícios aeróbicos; como caminhada e natação, eram a melhor escolha, uma vez que liberavam endorfina em seu processo, porém, estudos mais atuais determinam que treinamentos que utilizam força, possuem efeitos benéficos similares.

Com a revisão dessa pesquisa se provou que exercícios que exploram a força, como flexões e musculação com uso de aparelhos, auxiliam, expressivamente na redução de sintomas da depressão. Isso pode ser em parte justificado pela influencia desses tipos de exercícios no funcionamento do cérebro, liberando substâncias neuroquímicas que favorecem o humor. O fator social da prática esportiva também é relevante.

Como decidir o tipo de atividade física?

Antes de começar a pratica exercícios deliberadamente, tenha em vista as atividades físicas que mais te atraem, suas condições físicas e os objetivos que tem em mente. A preferência entre praticar uma atividade física em grupo ou individual também pode entrar em jogo, entretanto, deve se levar em conta que o fator social pode ser extremamente benéfico.

Depois de analisar esses fatores, você é capaz de selecionar a melhor opção, sendo aquela que você se sente mais confortável praticando. Após ser efetuada a escolha você já pode começar a organizar a sua rotina e a levar a sério sua execução, podendo variar a prática de exercícios constantemente.

O indicado é que a prática do esporte seja de 20 a 30 minutos no mínimo, e realizada ao menos três vezes na semana. Pesquisas mostram que o exercício de quatro ou cinco vezes por semana otimiza ainda mais os efeitos positivos, sendo uma frequência que deve ser almejada. No começo, não exagere, comece com 20 minutos e vá aumentando o tempo gradualmente.

Exercícios não curam a depressão

Assim como afirma os médicos psiquiátricas, os exercícios físicos não curam a depressão, mas sim fazem parte de seu tratamento e na diminuição de seus sintomas. Essa doença psicológica traz consigo a diminuição de energia, distúrbios no sono, mudanças quanto ao apetite e intensificação de dores corporais. Infelizmente, se trata de um ciclo complicado de ser rompido, e é por esse motivo, que todo o cuidado quanto ao tratamento é importante, assim como a vida ativa.

Profissionais da saúde também afirmam que esse tratamento é a longo prazo e possui necessita de cuidados em diversas áreas. A terapia é essencial para que haja a recuperação do paciente, então não exclua as demais medidas necessárias. O uso de medicamentos também pode ser acoplado, caso indicado pelos médicos.

Lembre-se de levar em conta o fortalecimento de seus relacionamentos sociais, e estudos também conformam esse efeito mostrando que a prática de exercícios sozinho não é tão eficiente para o tratamento.

Desse modo, é essencial que na vivência de sintomas da depressão, o indivíduo procure pelo acompanhamento psicológico e veja o esporte como um fortalecimento da prescrição feita pelo psicólogo. Aderir uma vida mais saudável em todos os sentidos, evitando situações que não te fazem bem e uma boa alimentação também são cuidados adicionais eficazes.

UMIDIFICADOR DE AR BARATO

UMIDIFICADOR DE AR BARATO

Neste artigo vamos mostrar alguns modelos de umidificador de ar barato que você pode comprar na Internet com mais vantagens do que nas lojas já que nos meses mais secos do ano os umidificadores de ambiente costumam faltar e ficam mais caros.

Isso ocorre porque as vendas de umidificadores no Brasil chegam a aumentar 60% em relação ao ano passado. Com isso fica cada vez mais difícil encontrar os modelos de umidificadores mais baratos. Os modelos mais simples e populares são os primeiros a acabar nas lojas e com isto a solução é comprar pela Internet.

Todo investimento feito para a compra de um bom umidificador de ar vale a pena. O dinheiro que você vai tentar economizar não comprando o umidificador vai acabar gastando depois com consultas médicas e remédios principalmente se você tem crianças e idosos morando na sua casa.

Os preços dos umidificadores variam muito, podem custar R$ 130 ou até R$ 600. O fato é que com R$ 200,00 você já tem condições de comprar um ótimo umidificador. A vantagem do umidificador das lojas em relação aos umidificadores caseiros é que rapidamente eles conseguem produzir uma coluna de vapor d’agua que eleva a umidade do ar em até 40% ou mais. Automaticamente você já vai sentir um conforto respiratório.

Os umidificadores ultra sônicos quebram a molécula de água por um processo vibratório gerando grande quantidade de vapor de água. O ruim dos modelos mais baratos e mais simples é que normalmente não possuem nenhum recurso adicional, apenas possuem o botão de ligar e desligar. O ideal é procurar um umidificador barato mas que possua um bom controle de umidade. Veja se o umidificador que você pretende comprar tem capacidade de umidificar sem precisar colocar mais água por no mínimo a mesma quantidade de horas que tem a duração do seu sono.

Pela Internet é possível comprar umidificadores de ar mais baratos que na maioria das lojas do Brasil. É justamente nos meses onde a umidade relativa do ar está mais baixa nos principais estados do país que começa a faltar umidificadores nas lojas especializadas. O problema é que muitas vezes o comerciante acaba elevando os preços para aproveitar a falta do produto.

Com isto comprar umidificador de ar na Internet acaba sendo mais barato mesmo quando temos que pagar os custos do frete. Quem tem algum tempo para pesquisar pode aproveitar algumas promoções que sempre são lançadas pelas principais lojas de eletroeletrônicos da Internet onde são oferecidos FRETE GRÁTIS para todo Brasil. Como o preço médio de um bom umidificador de ambientes fica em torno de R$ 150,00 é fácil encontrar lojas que oferecem frete grátis para compras acima de R$ 99,00.

Outra grande vantagem de se comprar o umidificador pela Internet é a facilidade de pagamento. Hoje em dia quase todas as lojas oferecem parcelamento em 3 vezes sem juros ou até mais que isto, dependendo do valor da sua compra. Minha sugestão é que você  informe para seus familiares que vai comprar um umidificador de ar pela Internet. Com isto você pode juntar outros amigos e parentes para fazer a compra ao mesmo tempo. Isso será vantajoso porque o frete será rateado e ficará mais barato. O valor da compra será maior e com isso você terá mais possibilidade de encontrar lojas que oferecem frete grátis. Um valor maior também permite uma quantidade maior de parcelas sem juros.

Normalmente um umidificador só é suficiente para umidificar um único ambiente da sua casa. Estes umidificadores de pequeno porte e portáteis não conseguem umidificar o ar de toda casa. Por isto, para cada cômodo é importante comprar um umidificador de ambiente exclusivo.

08 benefícios que a fisioterapia pode trazer

fisioterapia

Ao contrário do que muitos pensam, a prática da fisioterapia não se limita apenas a recuperação de lesões, indo do curativo ao preventivo. Os exercícios ditados pelo fisioterapeuta abrangem também a preparação física devida. Contudo, a análise e o diagnóstico de um profissional são indispensáveis, assim como os exames e as intervenções solicitadas. As sessões de fisioterapia são estabelecidas de acordo com as metas estabelecidas pelo fisioterapeuta, que dependem da ação conjunta do profissional e do paciente. Veja agora os 08 benefícios que os exercícios fisioterapêuticos podem trazer para o nosso corpo.

1. Melhora da postura corporal

As sessões de fisioterapia são capazes de alterar erros na postura levando em conta a maioria dos casos. A coluna vertebral possui a tendência de moldar o corpo de acordo com a forma que a pessoa realiza as suas atividades rotineiras. Para quem possui maus hábitos relacionados a eletrodomésticos, a fisioterapia pode atuar na prevenção de danos maiores, como distorções musculares, e no retorno da posição ideal.

As correções da postura são alcançadas gradualmente, com o auxilio do fisioterapeuta, e analisadas novamente para que haja um acompanhamento e se evite dores na região lombar ou cervical da coluna. O profissional fisioterapeuta é o mais recomendado para o tratamento da postura corporal, já que atua na execução de posições que forcem músculos e ossos, levando a uma sensação de bem-estar e a prevenção de lesões.

2. Redução de dores osteomusculares

Certas pessoas desenvolvem dores crônicas que se originam nas articulações ou por disfunções, se originando de quedas e de acidentes de maior gravidade. As sessões de fisioterapia são fundamentais para o prognóstico favorável. As dores crônicas levam uma inflamação as inflamações nos músculos, logo, apenas analgésicos e anti-inflamatórios são insuficientes para reverter o estado clínico.

A fisioterapia traumato-ortopédica levara a redução da dor e da eliminação do processo inflamatório, além de que otimiza a força dos músculos e auxilia em sua recuperação gradativa, ajudando na volta da pessoa a ativa.

3. Melhora do condicionamento físico

Através da fisioterapia esportiva, os especialistas realizam a avaliação paciente quanto à capacidade de estabelecer intervenções para a prevenção, recapacitação ou melhoria do condicionamento físico.

A prevenção de lesões tem em vista atletas de alto rendimento que precisam de cuidados particulares e cumprir a agenda e rotina física constituída por seus preparadores, a recapacitação recupera a normalidade do desempenho físico perdido por algum incidente, já a melhoria do condicionamento físico tem em vista o relaxamento do corpo em intervalos de treinos e competições.

4. Perda de peso e redução de gordura localizada

A fisioterapia também pode ajudar no processo de emagrecimento. A fisioterapia dermato-funcional, possui como o objetivo reduzir as medidas do corpo, as gorduras localizadas, melhorar a estética da pele e assim, o corpo que o paciente almeja.

Desse modo, as interferências podem ser a injeção da toxina botulínica para que possa ser alcançada também a diminuição das rugas, além de massagens no rosto para diminuir a elasticidade, entre outras metodologias. Aparelhos que reduzem a percepção das celulites, eliminam gordura por congelamento também são usados. Antes de optar pela fisioterapia na intenção de perder peso, procure por uma avaliação médica, a prática de exercícios físicos, juntamente com uma alimentação mais saudável pode ser a melhor escolha.

5. Ajuda no tratamento de transtornos respiratórios

Outra vertente da fisioterapia é a fisioterapia respiratória, que é essencial para que o paciente tenha a recuperação de seu estado clínico. São realizadas operações não invasivas que ajudam na remoção de secreções que atrapalham a respiração.

As técnicas usadas na sessão de fisioterapia são capazes de auxiliar pacientes de todas as idades no tratamento de transtornos respiratórios, melhorando o funcionamento do pulmão e controlando a troca de oxigênio. A atuação dos fisioterapeutas nessa divisão visa a remoção das secreções brônquicas aglomeradas, otimizando o desempenho físico e na redução do período de internação.

6. Ação preventiva a lesões advindas do envelhecimento

Por meio do envelhecimento, a força óssea se perde; influenciada pela disfunção hormonal e pela falta de mobilidade. Os pacientes, com o avançar da idade, diminuem sua vida ativa e os músculos vão perdendo suas funções.

Nesse caso, fisioterapeutas geriátricos ajudam na retomada da prática de atividade física dos idosos, dependo de seu condicionamento clínico. As sessões dessa modalidade podem ser realizadas nas clínicas ou em casa, havendo a locomoção do profissional.

As principais atuações possuem envolvimento com a volta da postura correta, o fortalecimento muscular, redução de sintomas de cansaço e dores localizadas, assim como abrange a melhora das funções neurológicas e da coordenação motora.

7. Recuperação neurológica de pacientes

Pacientes que sofreram traumatismos cranianos, estão em estado de cama ou possuem alguma doença neurodegenerativa são capazes de acolher benefícios a sua saúde neurológica através de exercícios fisioterapêuticos.

A fisioterapia neuro-funcional procura tratar e recuperar a situação neurológica do paciente. Os danos cerebrais podem acarretar problemas na locomoção, problemas quanto ao equilíbrio do corpo e mudanças nos processos realizados nas articulações. Dependendo do estado em que o paciente se encontra, deve se haver a colaboração entre o fisioterapeuta e o neurologista.

8. Nova inserção do paciente oncológico

Os remédios quimioterápicos possuem fortes reações no organismo, podendo levar a fraqueza, perda de peso, de massa magra, e dores intensas nas articulações. Depois do câncer ser controlado, e levando em consideração o estado do paciente, a adesão de exercícios fisioterapêuticos é de grande relevância para que os movimentos possam ser conservados, desenvolvidos ou renovados. O processo da prática da fisioterapia objetiva a volta do paciente as atividades do dia-a-dia, proporcionando também uma melhor qualidade de vida em meio a tantas consultas e cuidados médicos.

Os benefícios da fisioterapia vão muito além dos citados, uma vez que essa área de atuação possui varias especialidades, fazendo com que suas regalias sejam difíceis de serem generalizadas. Logo, a busca por um fisioterapeuta é recomendada em casos gerais, uma vez que as sessões são capazes de focarem em várias regiões do corpo. As sessões de fisioterapia só promovem vantagens a nossa saúde e ajuda na estabilização de um melhor estilo de vida. Caso esteja em dúvida quando a adesão da prática, consulte um fisioterapeuta e esclareça suas dúvidas.

Conheça os 5 principais danos que o cigarro pode causar em seu dente

O uso do cigarro pode acarretar diversos problemas para a saúde de uma pessoa, inclusive para o seu dente

Além de causar diversas doenças pulmonares e deficiências respiratórias, todo o restante do nosso corpo pode ser afetado devido ao tabagismo. 

A saúde bucal, por exemplo, é uma das partes mais prejudicadas. Afinal, o cigarro é colocado justamente na boca, alterando suas propriedades e proteção, seja na dentição ou em casos de pessoas que já usam ou procuram por quanto custa um implante dentario.

Continue lendo este artigo e descubra quais são os 5 principais danos para sua saúde bucal causados pelo cigarro! 

  1. Periodontite

A doença periodontal consiste em uma infecção na gengiva que toma proporções tão grandes que atinge os ossos dos dentes e do maxilar.

Um dos principais motivos do surgimento desta infecção é o acúmulo de resíduos de alimentos entre os dentes. 

Entretanto, os dentistas revelam que fumantes possuem mais risco de desenvolver esta doença. 

Isso porque o tabagismo pode fazer com que haja a queda da imunidade e, consequentemente, o corpo não consegue agir contra as bactérias que causam a periodontite. 

Além disso, é preciso ter um acompanhamento com um odontologista, pois caso depois do tratamento seja preciso ter uma consulta de orçamento para implante dentario preco medio, o profissional terá que estudar métodos para acelerar a cicatrização. 

Afinal, pessoas fumantes também costumam ter uma recuperação mais demorada do que as outras pessoas. 

  1. Alteração de paladar

O tabaco pode afetar seriamente o prazer de se alimentar. 

Imagine a sua comida favorita. É provável que você consiga sentir o aroma e até mesmo o sabor só de lembrar, não é mesmo?

Infelizmente, pessoas fumantes tendem a ter uma queda nos sentidos, como o olfato e o paladar. 

Isso pode fazer com que você deixe de diferenciar o sabor dos alimentos e até mesmo, sinta os seus aromas favoritos. 

Por isso, é importante recorrer a um médico urgentemente caso sinais como esses comecem a aparecer. 

  1. Câncer bucal

De acordo com a Universidade da Califórnia, 8 a cada 10 pessoas que sofrem de câncer bucal são fumantes. 

Isso acontece devido às substâncias químicas que o tabaco possui e, de acordo com a frequência, toda a cavidade bucal pode ser afetada. 

Portanto, fique atento(a) para o surgimento de sintomas como: 

  • Ferida na boca que não cicatriza;
  • Dor na boca que não desaparece;
  • Dificuldade em engolir
  • Caroço ou inchaço na bochecha.

Ao aparecimento de algum deles, procure um odontologista imediatamente. Afinal, mesmo que não seja um câncer, é preciso realizar algum tratamento para aliviar o desconforto e identificar o causador do problema.

Mau hálito e amarelamento

Além de gerar problemas físicos, o cigarro também é um forte vilão contra a estética de sua arcada dentária. 

A maior parte dos fumantes acabam sofrendo com dentes amarelados e escuros. Esse escurecimento acontece devido a nicotina e o alcatrão. 

Isso porque, com o tempo, as substâncias vão se acumulando na superfície dos dentes e mesmo com o clareamento, o dente dificilmente voltará a ser o mesmo. 

Não é atoa que procedimentos como a lente de contato dente são frequentemente pesquisados, pois esta é uma ótima maneira de restaurar os dentes prejudicados. 

Além disso, são estes pigmentos que podem causar o mau hálito e mesmo tendo uma boa escovação, se a pessoa não parar de fumar, dificilmente o cheiro irá desaparecer.

Considerações finais

Sabemos que as substâncias do cigarro podem causar dependência e não é uma tarefa fácil deixar de fumar. 

Todavia, esse é um dos principais pontapés para ter uma boa saúde bucal. 

Hoje é possível procurar auxílio em diversos grupos de apoio. Além disso, ao conversar com um dentista é possível receber dicas de como se livrar desse vício. 

Assim, todos os tratamentos serão mais eficientes, como a aplicação de lente de contato de dente

É importante ressaltar que, todas essas informações cedidas são para que você se informe a respeito dos principais riscos que o tabagismo pode causar. 

Entretanto, nada substitui a avaliação presencial dentro de um consultório de odontologia. Por isso, não deixe de visitar regularmente o seu dentista. 

Vale ressaltar que, os cuidados básicos como escovar os dentes logo após as refeições e o uso do fio dental diariamente pode fazer com que os riscos de ter complicações como as que citamos anteriormente sejam menores. 

Conteúdo produzido por Dayane Goes, redatora na empresa Vue Odonto

Anemia: causas, tipos e prevenção

Anemia

A anemia é definida pela incidência da hemoglobina do sangue está abaixo do nível considerado normal pela medicina. Pode ser motivada pela ausência de nutrientes considerados fundamentais pelo organismo, e não possui restrição de infectados.  Entretanto, crianças e mulheres grávidas ou em período de amamentação.

Assim como tratamentos e procedimentos estéticos, como o implante dentário, necessitam de um reconhecimento da área para serem executados, saiba a seguir quais fatores levam a anemia e como se policiar contra essa complicação:

Anemia e a falta de vitamina

O ferro é uma vitamina que auxilia no processo de sintetização dos glóbulos vermelhos da corrente sanguínea, além de ajuda na locomoção do transporte de oxigênio e na sua chegada a todas as células do corpo. É através da ausência do consumo de alimentos com ferro e nutrientes essenciais para o sangue, que a anemia se desenvolve, contribuindo com que o oxigênio não chegue a todos os lugares necessários que ocorre pela falta de hemoglobina suficiente.

Na maioria dos casos a anemia se desenvolve pela falta do ferro no organismo, porém, não é apenas a sua carência que a influencia, podendo ser a falta de proteínas, da vitamina B12 ou de ácido fólico (B9).

Quais são os tipos de anemia?

A anemia possui 4 definições, são elas crônica, aguda, hereditária e adquirida. As anemias crônicas são causadas pela doença de base, algumas genéticas e outras que foram adquiridas, como é o caso da falta de nutrientes.

Esse tipo de anemia quando desencadeado na gestação pode ser motivado pela carência de ferro (anemia ferropriva) ou de ácido fólico. As agudas estão relacionadas a perda de sangue que geralmente é devida a cirurgias e acidentes.

Principais causas

Baixos níveis de ferro

O ferro é um dos nutrientes essenciais para a nossa saúde e atua na concepção da hemoglobina, a proteína que compõe cerca de 30% de cada glóbulo vermelho. Devido ao baixo nível de ferro, a medula óssea não atua na sintetização de hemoglobinas da maneira ideal, fazendo com que se desenvolva a anemia.

Com isso, é necessário ressaltar a importância de consumir alimentos que contenham ferro em sua composição. Pessoas adeptas de uma dieta vegetariana podem encontrar esse nutriente em certas leguminosas, verduras de folhas escuras e frutas, mesmo que em quantidade reduzida.

Fatores hereditários

A anemia hereditária ou falciforme, se remete as mutações genéticas que envolvem a fabricação das hemácias. Essas mudanças podem se ocasionar na membrana responsável por esse processo, ou nas substâncias existentes em seu interior, como as proteínas e hemoglobinas.

Portanto, sabendo disso, procure uma alimentação rica em nutrientes e vitaminas, é somente através do cuidado com a sua dieta que essa problemática será evitada. Para gerir e suprir a necessidade que seu organismo possui por essas substâncias de forma certeira, consulte um nutricionista. E caso você esteja com sintomas que se assemelhem aos da anemia, procure já por um acompanhamento médico, atrelado a reeducação alimentar necessária.

A importância da fisioterapia para gestantes

fisioterapia para gestantes

A fisioterapia é uma das práticas de atividade física mais recomendadas durante a gestação, uma vez que previne disfunções e ajuda a restituir a estabilidade do organismo da mulher. Em todas as gestantes, qualquer seja o exercício físico executado requer uma atenção e o acompanhamento devido de um especialista, pois alterações fisiológicas, anatômicas, biomecânicas acontecem ao longo do período. Com isso, deve-se conhecer melhor o seu corpo e as particularidades da gestação antes e durante a rotina atina.

A indicação médica para a iniciação da fisioterapia por gestantes se deve a prevenção de problemas de circulação advindos da compressão do útero acima dos vasos sanguíneos, dificultando o tráfego venoso. Caso agravado, esse problema pode influenciar a incidência de edemas e veias varicoses, e ainda o desenvolvimento da trombose. Além de saber quanto custa um implante dentário, conheça mais sobre esse serviço e seus benefícios a gestação:

A fisioterapia durante a gravidez

Como vimos, a fisioterapia é relevante para a ação preventiva de lesões e uma série de enfermidades, mas ela não se limita a somente esses exemplos. A prática de exercícios fisioterapêuticos no período de gestação previne a mulher de disfunções no assoalho pélvico, região do músculo que é responsável pelo sustento da base do abdômen, que é capaz de abaixar cerca de 2,5 na gravidez. Essa região abrange os órgãos do sistema digestivo, reprodutivo e as distinções urinárias.

Desse modo, para se evitar e tratar esses eventuais problemas são recomendados exercícios de fortalecimento, que envolvem técnicas uroginecológicas. Essa execução ajuda a manter o assoalho pélvico e prepara o corpo e o organismo para a hora do parto, evitando complicações como a episiotomia e a incontinência urinária.

Particularidades da saúde da mulher

No sexo feminino, o movimento dos hormônios leva a mudanças nos tendões e nos músculos, além de que o estado de gravidez leva a alterações em seu corpo, como a pelve maior e sobrecarga na região dos joelhos. Com essas mudanças, é necessário que a mulher se adapte às suas necessidades e limitações. A diversificação hormonal e biomecânica leva, por exemplo, a sobrecarga da coluna lombar e vértebras. Durante esse processo cada detalhe minucioso conta para que tudo ocorra de forma tranquila e saudável.

É por esse motivo que se deve requerer o acompanhamento de um fisioterapeuta para que ele avalie o seu estado de saúde e a condição de sua gravidez. A avaliação deve considerar sua coordenação motora, capacidade de se movimentar, as atividades cotidianas e se há força para realizá-las. Se preciso, esse profissional deve encaminhar a gestante para uma avaliação neurológica e funcional, identificando mais precisamente sua real situação.

Diminuição de riscos e suas soluções

Se a gestante apresentar uma saúde estável, atividades como a hidroginástica e a prática do pilates, que ajuda no alongamento do corpo, já lhe atendem. Exercícios de forte impacto ou que possuem a posição decúbito ventral, são contraindicados.

A fisioterapia, por ser altamente benéfica é indicada até mesmo em caso de gravidez de risco, uma vez que reduz os efeitos fisiológicos advindos do repouso intenso, estabiliza o fluxo de sangue no útero, e é capaz de diminuir o risco de trombose, como já evidenciado. Em caso de gravidez na adolescência a fisioterapia atua amenização de eventuais complicações, já que o corpo não está maduro o suficiente.

É essencial que o profissional responsável pelo acompanhamento mantenha uma relação atenciosa, respeitosa e de confiança com a paciente, uma vez que durante essa fase a mulher pode não conseguir realizar certos exercícios e precisar de apoio a todo momento. Além de que a paciência é uma virtude essencial para se relacionar com uma grávida que está passando por diversas vivências, inclusive estressantes.

A prática da fisioterapia também auxilia a controlar o estresse da gestação, além da incidência de inchaços, dores e incômodos localizados, trazendo relaxamento e renovação para o dia-a-dia.

Pós-parto

Nos últimos momentos, o fisioterapeuta motiva e orienta quanto a continuação da prática das atividades físicas após a gravidez e continua na manutenção do bom estado de saúde da gestante. Além disso, o especialista atua contra a depressão pós-parto.

Depois da gravidez, o corpo precisa de retornar à normalidade, voltando com sua postura e readequando o esqueleto e músculos. Logo, a retomada dos exercícios fisioterapêuticos deve iniciar assim que a mulher se sentir confortável e apta a voltar à ativa. Tenha noção da importância da fisioterapia na gravidez e conserve sua saúde mesmo diante das instabilidades da gravidez.

A prática de esporte para crianças e adolescentes

A prática de esporte para crianças e adolescentes

A prática de atividade física, como a do esporte, é recomendada para qualquer idade, já que é um dos pilares de uma vida saudável juntamente a uma boa alimentação. A prática do esporte como uma das opções proporciona uma série de benefícios ao nosso corpo, ajudando na manutenção do físico, promovendo uma sensação de bem-estar e atuando na melhora da produtividade e qualidade de vida do praticante. Além disso, atua diretamente na aparência, e permite uma melhor imagem juntamente a procedimentos estéticos, como a aplicação da lente de contato dental.

Com as crianças e jovens, não seria diferente. Para essa faixa etária os benefícios não se limitam a apenas os citados, abrangendo vários outros. Veja quais sãos esses benefícios diferenciados:

Melhor coordenação motora

A prática do esporte possui um papel importante na coordenação motora das crianças. A frequência das atividades esportivas na rotina, quanto maior, influencia mais em seu desempenho, e é por esse motivo que os profissionais da saúde recomendam essa prática desde os primeiros anos.

É essencial abordar uma variedade de atividades esportivas no cotidiano dos alunos, uma vez que durante essa fase eles possuem uma maior facilidade de aprendizado e para desenvolver novas habilidades. O resultado da prática equilibrada de exercícios físicos, sem exagerar, equivale a formação de adultos mais saudáveis e de melhor desempenho.

Fortalecimento físico

As atividades esportivas estão relacionadas ao nosso desenvolvimento físico. Muitas pessoas buscam por uma atividade que resulte no emagrecimento ou para começar uma vida mais ativa. Se tratando do público infanto-juvenil, além de prevenir futuros problemas de saúde, o esporte colabora com o fortalecimento do corpo, já que sua prática age no desenvolvimento da massa muscular da criança. Por esse motivo, alunos que praticam esportes desde pequenos possuem músculos e estruturas ósseas em melhor conservação.

Bom funcionamento do metabolismo

Outro fator positivo da prática de esportes é que nosso metabolismo possui um bom funcionamento na infância. O metabolismo é o encarregado pela produção de energia que permite uma maior atenção e um melhor condicionamento durante o percurso do dia e ajudando no desemprenho escolar. O funcionamento ideal do metabolismo é essencial para o controle de calorias.

Formação integral

Outro benefício da inclusão do esporte na infância e juventude é o desenvolvimento de competências técnicas e habilidades cognitivas e emocionais, colaborando assim para sua formação integral.

Os estudantes de qualquer idade desenvolvem um melhor relacionamento com os professores e demais colegas durante a prática esportiva grupal, além de oferecer iniciativa e melhorarem a capacidade de memorizar.

Aplique diferentes técnicas de escolha

Um fator importante para incentivar o contato da criança com o esporte é ajuda-lo durante o processo de escolha. É necessário ter nas mangas diversos métodos para que a decisão seja feita, visionando que seja tomada a melhor opção.

A criatividade na hora de abordar as modalidades é importante, uma vez que a criança ainda não possui uma noção e ainda não teve contato com a prática esportiva. Não se limite aos previsíveis como a televisão e o YouTube. O melhor a se fazer é trazer essa experiência no ambiente familiar, para que ao realmente praticar e vivenciar o esporte, a escolha venha certeira.

Com a tecnologia cada vez mais presente no nosso dia-a-dia, é fundamental que a criança veja o esporte um momento de lazer e de socializar. Além disso, as modalidades devem ser mostradas como uma solução a uma vida mais saudável e ativa, e ao combate ao sedentarismo. Leve em conta que o esporte para atrair uma criança deve ser abordado de forma lúdica e acolhedora.

Opções de esportes

São várias as opções de esportes disponíveis e todas elas podem ser praticadas na infância. A natação, por exemplo, é um dos mais escolhidos pelas crianças, na maioria das vezes pelo contato com a água ser algo bastante agradável e divertido ao público. O futebol e futsal, por serem a modalidade mais popular em nosso país, podem inspirar e no final influenciar na escolha. Outras opções são: vôlei, basquete, handebol, artes marciais e danças.

Portanto, não deixe de incentivar seu filho a prática de esportes, são vários os benefícios e resultados positivos a serem colhidos no futuro. A prática de atividade física é decisiva em casos de adoecimento por viroses e enfermidades, atuando no fortalecimento do corpo e na melhora de sua imunidade. Então, preocupe e zele pela saúde da criança, uma série de danos pode ser evitados, e nada melhor do que ver em primeira mão o seu bom crescimento e desenvolvimento.